Névoa

| 0 comentários

Tree, Lone by Michael from Minnesota

 

Existe névoa em minha mente
Densa e fria
Cobrindo meus sentimentos
Bloqueando a vista do meu caminho

Uma névoa tão fria
Que congela a própria alma
Em medo
Em dúvidas
Em descrença

Sigo caminhando por essa névoa
Que em anos
Nunca realmente se dissipou
Sinto os dedos duros e gelados
Sinto a face queimada do frio
Sinto os músculos rígidos pelo corpo todo
Mas não sei se de frio
Ou de medo

Só insisto em caminhar
Por essa paisagem desoladora
Porque
Às vezes
Do outro lado
Além da névoa
Vejo uma luz
Brilhante e quente
Tão diferente do que sempre senti
Sigo em sua direção
Tentando escapar deste vale
Enevoado
Abandonado

Por vezes a névoa é tanta
Que nem enxergo mais a tal luz
Nem sinto o seu calor
Reconfortante
Sereno
Só frio
Medo
Escuro

Por vezes me pergunto
Se algum dia escaparei
Deste inferno gélido
A resposta
Não sei

Só sei
Que caminhar é preciso
Pois aqui
Quem pára
Pára pra sempre
No mesmo lugar
Congelado

Sigo caminhando
Para um dia
Quem sabe
Encontrar a tal luz

Ou pelo menos
Morrer tentando

11/05/2014

Autor: Carolina

Interessada por fertilidade feminina | Sonhadora, escritora e desenhista — Dreamer, drawer and writer

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: